27.9.16

Um quarto especial para duas bebés especiais...



Na penúltima Inspiração da Semana comentei que as minhas filhas tinham entrado no jardim de infância, por isso lembrei-me de trazer para o post de hoje fotos do primeiro quarto delas.
 


Descobri que estava grávida enquanto ainda estava a frequentar o curso de Decoração de Interiores, pelo que, à parte dos trabalhos que fiz para exercícios e avaliação durante a formação, este foi o meu primeiro projeto real.



Queria um ambiente bonito e delicado sem se tornar demasiado cor de rosa. O facto de estar grávida de gémeas tornou-se uma forte condicionante ao orçamento disponível, uma vez que grande parte do enxoval teria de ser comprado em duplicado, além de itens específicos, como por exemplo o carrinho de gémeos. Por isso, para este primeiro quarto optei por reaproveitar alguns móveis e dedicar algum tempo a trabalhos DIY, valorizando assim o ambiente com pequenos detalhes que fizeram toda a diferença e ainda ajudaram a estimular alguns sentidos das bebés!


Acima de tudo, foi importante pensar e concretizar algumas premissas: a funcionalidade do quarto, a criação das áreas necessárias ao quotidiano dos pais e das bebés (em termos de higiene, sono, aprendizagem, etc.) e, claro, o aproveitamento do espaço de arrumação ao máximo porque, no fim de contas, era um quarto para ser dividido por duas meninas!






25.9.16

Inspiração da Semana #13 | Projeto de Interiores Urban & Suburban


A casa que trago hoje para a Inspiração da Semana tem uma característica marcante que a torna única e que lhe confere um ar mais industrial - uma área considerável de parede em tijolo.




Este sótão em Madrid, fechado durante anos, ganhou uma nova vida pelas mãos da arquiteta Adriana Cepeda Bejarano do gabinete Urban & Suburban, que atua no Reino Unido e em Espanha, e foram as características estruturais que determinaram a paleta de cores e texturas a trabalhar. A par dos tijolos, também as vigas de madeira serviram de inspiração para compor este ambiente contemporâneo com um toque industrial. O look é rematado com elegância pelas linhas sóbrias do mobiliário e pelas peças de arte e design ao longo da casa.







Fotos: site Urban & Suburban e AD España

20.9.16

Esquemas de cores infalíveis: Amarelo & Branco | Yellow & White


Num tom mais ou menos forte, em maior destaque ou apenas em pequenos apontamentos, o amarelo é sempre sinónimo de vida, transmitindo alegria, energia e otimismo. É uma cor que resulta muito bem em várias conjugações, mas neste post centro-me na combinação "amarelo e branco".

Algumas dicas para combinar melhor este esquema de cores...
  • Começar por uma base neutra (tons taupe, cremes, etc.) e adicionar a cor a partir daí.
  • Apostar em padrões: num tapete, nos cortinados ou numa parede, um padrão gráfico, vibrante, marca pontos!
  • O amarelo pode tornar-se facilmente cansativo se for usado em excesso, pelo que há que ter cuidado com o tom de amarelo que se escolhe e com a quantidade / frequência da cor no espaço.
  • Elementos em preto, cinzento ou dourado equilibram o ambiente: ilustrações em molduras pretas, almofadas em tons cinza e acessórios brilhantes, são bons exemplos para criar esse equilíbrio.
  • Um toque de azul ajuda a realçar a frescura desta combinação de cores, ao mesmo tempo que traz outra tonalidade à decoração, aligeirando-a.

Para um look rústico chic...
  • Combinando peças elegantes de mobiliário em madeira com acessórios em verga e conjugando padrões mais clássicos, como riscas largas, com padrões florais de estilo mais contemporâneo, consegue-se um espaço mais natural, fresco e ao mesmo tempo elegante.
Para um look mais clássico...
  • A escolha de mobiliário de linhas simples e a existência de poucos acessórios ajuda a criar um ambiente sóbrio, alegre sim mas com "moderação". Uma mesa de centro ou de apoio um pouco mais contemporânea (em preto, por exemplo) dará um toque moderno ao espaço. Escolher um padrão chevron para um tapete ou almofadas, ter uma peça de arte ou um quadro grande na parede são outras sugestões que causam algum impacto na decoração.

Mais ideias, sugestões e inspiração para tirarem melhor partido deste esquema de cores no meu board do Pinterest, Yellow & White Inspiration.

19.9.16

Inspiração da Semana #12 | Projeto de Interiores de Bricks Studio


Viva! A inspiração desta semana chega com um dia de atraso, não só pelo que já falei aqui mas também por motivos pessoais - as minhas filhas entraram há poucos dias no jardim de infância, uma nova etapa que merece tempo e dedicação e que envolve todos cá em casa. Ainda assim, preferi atrasar um dia do que saltar mais um post de inspiração, como aconteceu no domingo anterior.

A casa que mostro hoje fica em Amesterdão e é da autoria do gabinete holandês Bricks Studio. O trabalho desta empresa caracteriza-se pela combinação de diferentes estilos, texturas e cores, pelo recurso a mobiliário e materiais de épocas distintas, no fundo pela criação de ambientes intemporais e eclécticos. Além das escolhas para os seus projetos, agrada-me também a forma como veem a construção e o design de interiores e como trabalham: o foco são as pessoas e as suas experiências, as suas vivências nos espaços. Tal como eu também penso, sinto e idealizo a decoração de interiores...

Tudo o que disse até agora, poderão comprovar nas fotos que se seguem. Espero que gostem deste loft tanto como eu gostei, de todas as características que lhe conferem uma personalidade única, do branco que ajuda a ampliar a luz natural, do aconchego que transmite. E espero que esta casa tão bonita e acolhedora compense o atraso do post!








Fotos do site: Bricks Studio

15.9.16

É uma marca portuguesa, com certeza! #4 | Anna Westerlund Ceramics


Hoje é dia de vos trazer mais uma marca nacional. Sobre esta marca limito-me a dizer para acederem ao site ou à pagina de Facebook, porque é tudo tão bonito que se torna difícil escolher apenas algumas peças para encaixar aqui e ilustrar este meu post... A marca é a Anna Westerlund Ceramics, uma marca portuguesa de peças de cerâmica feitas manualmente pela ceramista Anna Westerlund. Aqui ficam então fotos de algumas peças de que gosto (umas da última coleção, outras de coleções mais antigas), mas a escolha não é fácil porque as peças são todas lindas!









Fotos: site Anna Westerlund

13.9.16

Degradé de cores nas paredes


Já não é uma novidade de há algum tempo a esta parte mas continua a ser uma tendência em decoração de interiores. Falo das cores em degradé nas paredes, efeito também conhecido como ombre walls. É uma técnica muito em voga, que amplia a sensação de espaço, traz dinamismo a qualquer ambiente e muda por completo uma decoração (é um bom exemplo de como com "pouco" se faz "muito").

A ideia é, basicamente, começar num tom mais escuro e terminar num mais claro. Embora hajam papeis de parede que recriem este efeito, na maioria das vezes a técnica é aplicada com tinta: ou com dois tons da mesma cor ou apenas com branco e uma cor (delimitando duas áreas distintas ou esbatendo com o branco até não ter qualquer cor).







Aqui o degradé é feito com azulejos de tons diferentes

Há também uma outra forma de criar este efeito, além da mistura de cores até se esbaterem ou das transições de tons bem delimitados, que é a pintura de padrões ou formas com os tons em escala (chevron, ondas, montanhas, etc.).


O degradé pode ser feito no sentido horizontal ou vertical, mas o mais usual é o horizontal.

Neste caso, o efeito começa na parede e continua pelas portas


Para quem não quer ou não pode pintar uma parede inteira, ficam outras sugestões...





E por fim, mais duas ideias originais de degradé de cores nas paredes...



... e duas para escadas!



Mais inspiração no Pinterest, em Degradé de Cores | Ombre Walls.


0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19